quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

DUAS POESIAS SOBRE A POESIA


RIMA DE VIDA
Oswaldo Antônio Begiato

Que a poesia atrevida
encha sua vida vívida
até a boca
e se derrame toda ávida,
inundando a minha vida
lívida.

É que minha vida lívida,
cheia de si mesma
e tão pouca,
sem nenhuma dádiva,
é irmã siamesa da sua;
vívida.

Derrame sua poesia divina
nessa minha vida,
tão plena de dúvida,
e sejamos rima de(vida):
- Eu e você, para sempre;
faça sol, faça chuva!

A sua poesia alivia a minha vida árdua.

SINAIS VITAIS
Oswaldo Antônio Begiato

Primeiro nasceu o menino,
Na terra, na roça;
Depois nasceu o poeta,
Na terra da santa;
Por último o homem
Na terra da uva.

Por isso sua poesia é
Um pouco semente,
Um pouco promessa,
Um pouco colheita.

6 comentários:

hellenzitah disse...

lindo demais Oswaldo. parabéns pelo dom tão bem utilizado. acho que você esteve em Belém do Pará, na Universidade Federal do Pará. tenho um pequenino livro com algumas poesias suas. são lindas. abraço seja muito feliz e não deixe de presentear o mundo com suas palavras lindas.

Regina Xavier disse...

boa tarde ,poeta..saudades de vc..amei seus poemas novos..como sempre...

Jardim Encantado disse...

São tantos textos lindos que não sei qual escolher,
são tantas saudades, já nem sei o que fazer.
foi-se embora caladinho, nem recado a mim deixou
mas cá no seu cantinho, uma luz se desenhou!
Só para lhe dizer da falta que faz aos amigos, e esperar pela sua volta.
Você é para mim um irmão querido que espero re-ver, nem que seja pela telinha.
Você faz a diferença poeta.
Volta logo viu!
Férias já estão terminando...

Saudades!
Grande abraço!
Marta Peres

Mariano P. Sousa disse...

Magnífico Oswaldo!
Viajeinesses lindos versos.
parabéns grande poeta.
Forte abraço!

Mel Redi disse...

POEMAS LINDÍSSIMOS!! Parabéns, nobre poeta! Ab Mel

Valdecy Alves disse...

Parabéns pelo blog voltado para cultura. Leia minha poesia: CANTO AO CEARÁ, selecionada para coletânea do XII Prêmio Ideal Clube de Literatura. Obra lançada no dia 21 de janeiro de 2010. Leia, comente e divulgue. Veja também meu documentário, penúltima matéria do blog: Padim Ciço, Santo ou Coronel? Meu blog: www.valdecyalves.blogspot.com