segunda-feira, 28 de maio de 2012

NOVOS HAICAIS


 NOVOS HAICAIS
Oswaldo Antônio Begiato


O NATAL NÃO MUDA

O feno aquecendo
O menino vindo pobre
Como hoje vem tantos.


EM BREVE

Entre o nascimento
E o passamento o tempo
Não é isonômico.


SUAVIDADE

Flor de cerejeira,
Guarda o conceito da vida:
- Bela, leve e breve.


PERDAS E GANHOS

Na balança, as perdas
Ocupam o prato menor.
A vida é prudente.


MEDO DE INFÂNCIA

Atrás do relâmpago
Vem o trovão barulhento;
Em breve a tormenta.

Um comentário:

isa disse...

Bom dia,meu querido Amigo, meu Poeta!
Daqui de bem longe,em distância,mas
bem perto em sentimento de Amizade,
lhe digo que fiz o percurso do seu Poema,com um encanto por cada palavra e sentimento.
Beijo.
isa.