terça-feira, 29 de abril de 2008

A RESPEITO DE MUSAS

A RESPEITO DE MUSAS
Oswaldo Antônio Begiato

não existem musas...
musas vivem no Olympo
e só saem de lá
para serem embebedadas
e deixarem bêbados
os poetas
dando a eles
a tenra ilusão das palavras
a meiga ilusão da poesia

e depois vão embora
sem nada deixar
sem nada levar

musas não existem
neste nosso mundo
por isso poetas
as encarnam
em almas bondosas
e as deificam
nas palavras que fabricam
com seus arroubos

poetas precisam
de almas bondosas
que sejam capazes
de se embriagarem

que sejam capazes
de embriagá-los

3 comentários:

cinthia queiroz disse...

AMEI O BLOG!!!!!
ELE É O MELHOR POETA DO MUNDO!!!
AH, E MEU TIO TAMBÉM!!!
BJS
CINTHIA

Silvia Kerner disse...

"A Respeito das Musas"

Amado, as musas são loucas faceiras, cheia de graça ... que seria do mundo dos poetas sem as musas?
Os musos também têm um lugar especial no coração e alma dos poetas e poetisas. Você é um muso desa simples mortal aprendiz de poeta.
Parabéns pelo blog. Lindíssimo !!
Bjs,

ana wagner disse...

Acho que a Silvia disse tudo que eu queria dizer rs As musas e musos são o começo e o fim de nosso escrever.
Beijinho.
Ana W