segunda-feira, 18 de março de 2013

EU TE AMO

EU TE AMO
Oswaldo Antônio Begiato
 
Eu te amo
como ama a cigarra,
de dentro do mundo
intocável da árvore,
o piano afinado
que toca ao longe,
numa sexta de verão,
músicas de Antônio Carlos
Brasileiro
de Almeida Jobim.
 
 

3 comentários:

isa disse...

E eu amo a sua Poesia,meu Pota e Amigo.
Beijo.
isa.

Milene Sarquissiano disse...

Demorei mas retornei ao templo sagrado da poesia. És maravilhoso,dizer mais o quê??bjoss

Milene Sarquissiano disse...

Demorei mas retornei ao templo sagrado da poesia. És maravilhoso,dizer mais o quê??bjoss