quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

LÍNGUA E PALAVRA

SUAVIDADE
Oswaldo Antônio Begiato

a palavra
é o gesto
da língua

o poeta
o mímico
obstinado

a poesia
o silêncio
revogado




2 comentários:

Maria Helena Mueller - Lelê disse...

Sim! É no silêncio, de quem não é Poeta; que pode-se "sentir através das palavras", de quem tem sensibilidade no coração e transmite com beleza e simplicidade, aquilo que não conseguimos...
Obrigada, Poeta!
Beijos, Lelê.

isa disse...

E com que suavidade definiu,o meu querido Amigo e Poeta,o casamento perfeito da Palavra e da Poesia.
O mistério do Silêncio.
A beleza das palavras.
Beijo.
isa.