sábado, 21 de julho de 2012

GOTAS

GOTAS
Oswaldo Antônio Begiato

Sou uma gota
d’água;
trago dentro de mim
- céu de rosas que sou -
muitas tormentas.

Sou uma gota
de vinho;
trago dentro de mim
- barril de pólvora que sou -
várias verdades.

Sou uma gota
de lava;
trago dentro de mim
- cratera de cálice que sou -
lágrima e sangue.

2 comentários:

Milene Sarquissiano disse...

tu és gotas e de gota em gota fazes esse esparramo,em forma de cascatas vertendo versos,

lindooooooooooo

Robson Ojuarah disse...

belos versos, parabéns

se possível, visite meu blog

wwws.semente-terra.blogpost.com.br